A lepra

Lendo os textos bíblicos é evidente como diversas vezes Deus usa na sua palavra a comparação para nos ensinar e como o Antigo testamento se reflete em

todo o Novo testamento, em todos os seus aspectos,seja no cumprimento de promessas (A vinda do Messias, o Derramamento do Espírito) assim como o

cumprimento da Lei na pessoa de Jesus, enfim a Palavra de Deus é perfeita e nos ensina até pelo erro de homens e mulheres que tinha relacionamento com o

Pai afim de possamos fazer diferente.

E dia desses meditando sobre o texto de 2 Reis Capítulo 5 dos VS 1 ao 19 comecei a ter um entendimento vindo do Espírito Santo muito especial a respeito da

Lepra(uma doença caracterizada pela brancura da pele,inchações,tumores que causam deformidades)segundo a Lei em Levítico 13 e 14 os leprosos tinha que

serem levados até o sacerdote e constatado que o indivíduo sofria daquele mal o mesmo tinha que ser tirado do meio do povo e era considerado impuro.No

texto de 2 Reis 5 o indivíduo acometido pela Lepra era alguém muito importante chamado Naamã,ele era um comandante de exército da Síria,herói de guerra,vale

a pena pensar que por fora ele possuía um grande prestigio porem com só que o conhecia intimamente que por debaixo da sua armadura,da sua imponência e

força Naamã era frágil com a pela desgastada.E quanto não são os “Naamãs” do nossos dias? Homens e mulheres  fortes,poderosos,cheios de talentos,de

dons,intelecto mas que por dentro escondem uma terrível lepra não física,mas na alma, no espírito,alguns decidem conviver com aquilo durante toda a

vida,outros porém como Naamã tem uma atitude diferente,diante de uma oportunidades de cura,de transformação aceita o desafio,e é isso que o texto relata no

versículos seguintes,havia uma menina que fora levada cativa e estava a serviço da esposa de Naamã que ousadamente disse que na terra dela (Israel) havia

quem poderia ajudá-lo, ele então  pede autorização ao seu senhor (sujeição a autoridade)e parte munidos de presentes e com um coração cheio de expectativa

por receber sua cura.Chegando diante do rei de Israel lhe apresenta uma carta de seu superior informando o motivo de sua vinda, o rei nesciamente se

desespera pensando ser aquilo um ato político e um pretexto para que rompessem  aliança, interessante notar que o próprio rei desconhecia o poder do Deus

que o estabeleceu naquele trono e atuação dele por meio dos seus profetas,e entre esses profetas estava Eliseu,que repreendeu o rei e quanto a Naamã

mandou um mensageiro lhe dizendo o que devia fazer,nada muito difícil apenas que mergulhasse 7 vezes no rio Jordão,porem o orgulhoso Naamã se indignou

por dois motivos primeiro pois pensou que ia ser recebido com honraria pelo profeta e em segundo por que se o caso era o rio ele então se lavaria nos rios de

Damasco, mas a verdade é que o rio não tem poder nenhum mas uma simbologia que só o Deus de Israel é poderoso (não que Ele opere só em Israel) então

quando pensou em desistir um dos seus lhe convence que é algo tão simples e que estava ao seu alcance de cumprir, então assim ele o fez e qual foi a

surpresa?Após se banhar as 7 vezes ele teve sua pele regenerada e a partir daquele momento Naamã reconheceu que só há um Deus verdadeiro,e quantas

vezes não agimos como Ele,pensamos que as coisas de Deus tem que ser difíceis,penosas,sacrificiais,quando na verdade Deus age em nós por causa da sua

graça e misericórdia,justamente pra que não nos gloriemos em nós mesmos(Efésios 2.9) mas para reconhecermos Nele nossa fonte de vida,de cura,de salvação

e lhe apresentemos um coração grato,assim como o leproso que foi curado por Jesus,entre 10 ele foi o único a voltar para honrar a Jesus pelo milagre, dando

glória a Deus em alta voz(e pensar que antes para andar no meio do povo ele tinha que gritar: “impuro,impuro”)Segundo o texto de Lucas 17.11.19 os leprosos

vieram até Jesus e lhe pediram que fosse curados,então o Mestre lhes ordena irem ate ao sacerdote não para se engrandecer mas para fazer cumprir a Lei,então

apenas 1 voltou e prostrou-se diante de Jesus que lhe disse: “levanta-te e vai a tua fé te salvou”,mais do que um coração que crê assim como Naamã  e este

leproso é preciso ter um coração grato,ensinável,que reconhece quão dependente é de Deus,é interessante notar como a Lepra atinge pessoas diferentes,com

historias diferentes,com posições diferentes bem como todos os males, e ela não se difere dos flagelos de alma e de espírito aos quais estamos sujeitos, as

tristezas, aos traumas,as crises mas em todas essas situações Deus permanece o mesmo sempre disponível para aquele que O buscam. Interessante que o rio

Jordão foi onde posteriormente Jesus foi batizado por João Batista,que água é sinônimo da Palavra de Deus(João 15.3) e também do Espírito Santo.

Meditando nesse texto qual vai ser a sua posição vai virar as costas e se acomodar com sua situação ou ousar,retirar sua armadura e permitir-se lavar e ser

purificado de todo mal hoje por meio de Jesus temos livre acesso a Deus,Jesus é nossa intercessor,não se faz necessário o profeta ou o sacerdote assumir

nosso lugar Jesus já fez isso e como diz o texto de Isaías 53: ”por sua pisaduras fomos sarados”,desfrute dessa graça e amor sem igual, e experimente a

novidade de vida que Deus tem para você!


@andrebaruch

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s