Multidão se reúne para transformar o mundo

Adoração e Clamor . Assim foi a primeira noite da conferência Desperta Igreja que aconteceu ontem na Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte . 

O louvor ficou por conta da nossa querida Mariana Valadão , que através de suas canções levou uma multidão de mais de 6 mil pessoas a entronizar o Rei dos reis , que declarava em uma só voz “Hosana nas  Alturas”. 

Image

Confira a matéria completa feita pelo portal Lagoinha.com

Uma Igreja que transforma o mundo

Na primeira noite da Conferência Desperta Igreja, o Pr. Gustavo Bessa aponta as qualidades de uma Igreja que é capaz de ganhar o mundo para Cristo

Para dar início a Conferência Desperta Igreja, o Pr. Márcio Valadão subiu ao altar convidando todos os presentes para orar pelo tempo que estava por vir “Que esta nao seja mais uma reunião, mas que possa mudar a vida de milhares de pessoas que estão aqui (IBL), que nos acompanha pela Rede Super ou pela Internet”, dizia o pastor Márcio em oração.

Image

E foi neste mesmo espírito que Mariana Valadão começou o momento de louvor. A música “Vim para adorar-te” foi cantada por corações dispostos a se render a missão de Jesus. Em seguida foram entoadas as canções “Vai brilhar”, “Hosana”, ” A Ele a Glória”, “Deus me ama”. A igreja cantava em alta voz declarando o amor de Deus, quando o Pr. Gustavo Bessa pediu aos irmãos que orassem para que esse amor alcançasse as nações. Mãos foram erguidas e direcionadas às várias bandeiras espalhadas pelo templo. Um clamor foi levantado em prol dos perdidos. Ao final da oração, pessoas caracterizadas foram se achegando ao altar. Era o início de um teatro divertido que foi apresentado para demonstrar a importância do IDE e alertar a Igreja sobre as outras ocupações que tem roubado o “chamado de Deus” de ir pregar o evangelho pelas nações.

Image

O Pr. Gustavo Bessa retornou ao altar para falar sobre a Igreja de Antioquia. Para ensinar sobre o assunto, ele fez referência da passagem descrita no livro de Atos 13.1-3, que descreve a ida de Barnabé e Saulo, ministros de Jesus, para outros lugares do mundo. “A pregação não depende apenas da eloquência do ministro, mas do poder do evangelho. Basta apenas falar a Palavra de Deus que ela é poderosa para transformar as nações. Saulo e Barnabé fizeram grandes proezas por meio do nome de Jesus”, dizia Gustavo durante a pregação.

Pr. Gustavo ensinou que a igreja de Antioquia não permaneceu em uma cidade, mas foi usada para tocar o mundo. Ministros como Paulo (que havia mudado o nome de Saulo para Paulo), levou o evangelho verdadeiro de Cristo para judeus e gentios que creram na Palavra verdadeira. E continuou apontando as características de uma igreja que transforma o mundo.

 A diversidade ministerial foi apontada como a primeira qualidade de uma igreja que toca o mundo. “Existe gente que cuida de idosos, que evangeliza nas praças, onde há diversidade de dons e variedades, o corpo é capacitado para levar o amor de Cristo a outros lugares”. Ele continuou falando que a igreja de Antioquia não sufocava os talentos dos irmãos. 

Image

A segunda característica foi apontada como variedade cultural e social. Gustavo explicou que não pode haver uma seleção de pessoas, mas diversas características como pobres, ricos, intelectuais, analfabetos, brancos e negros. Sem racismos ou regras que impedem as pessoas de serem unidas como Igreja de Cristo.

A unidade espiritual foi apontada em sequência como outro importante item de uma igreja que alcança o mundo. É necessário, dizia o Pr. Gustavo, que o povo ore e jejue, unidos para que haja um avivamento. “Nao era apenas Paulo que jejuava, mas todos estavam no mesmo propósito e com o mesmo sentimento”. Gustavo ensinou que todos desejavam o jejum e o clamor e isso fazia com que vários lugares ouvissem falar sobre o nome de Jesus. “Quando uma pessoa da Igreja de Antioquia pregava em um lugar, era como se todos unidos estivessem no local, porque eram um com Cristo”, explicou o pastor.

Ao final dos três pontos, vozes clamavam fervorosamente para uma mudança profunda na Igreja. O pastor Felipe Valadão se uniu às orações cantando a canção: “Eu tenho um Chamado”. Muitos choravam, outros se ajoelhavam clamando pelas nações “Eu Tenho um Chamado, o evangelho anunciar, eu fui escolhido no ventre da minha mãe”, cantava os irmãos com lágrimas e um desejo de ganhar o mundo para aquele que entregou a vida por amor dos perdidos, Jesus.

Erica Fernandes (lagoinha.com)

erica.fernandes@redesuper.com.br

Image

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s