O tiro que matou uma família

A dor da ausência é o mesmo que música sem melodia, violão sem corda ou mesmo que dias sem sol…

Aprender a superar a dor da perca tão repentina. O choro por não dar o último adeus em vida. A cena do volto logo mamãe, o portão se fecha. A mãe soa em alta voz “Deus te abençoe meu filho“, como numa espécie de tic tac tic tac o tempo para! Meia hora depois o tempo volta com a noticia desoladora “morreu“, “morreu“, “o Dé morreu“ avisa o amigo a mãe da vítima.

Como tiros de metralhadoras perfurando o coração da mãe e dos irmãos, eles escutam a notícia. É como se a presença de Deus sumisse por um segundo da existência.

A morte arranca de nós um pedaço do coração. E por falta deste pedaço criamos uma dependência terrível das pessoas, vem os vícios, as carências. É superar a dor, a solidão e a ausência!

family with children on hands, sunset sky

Os 33 tiros que mataram a alma foi como estar com Cristo na cruz, levando chicotadas dos soldados romanos. A minha nudez e fragilidade diante a morte viram pó e vão com o vento, com o fim desta vida.

O grito de justiça de uma alma que vê em Deus a única saída. Onde encontrar? As pessoas não entendem o meu choro e a minha dor. Estou deitado no chão, e o meu espírito a observar toda a cena. É um sonho ou realidade Deus meu? Apenas vejo luzes da eternidade ofuscando os meus olhos. As pessoas choram outras só observam e conversam uma com as outras.

O peso da morte pesa mais que o oceano atlântico. Seu beijo, mais gelado que um iceberg.

Morte e vida! Amor de Deus que supre toda ausência. Choro e alegria. Lutas e vitórias! Superação na solidão. Fragilidade e fé em poder caminhar outra vez.

* Texto baseado numa história real.

Por Tiago Haka

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s